fbpx
Modelos de currículo - Inglês e português - NOCTULA store

Quais as diferenças entre um currículo em português e inglês?

O inglês é uma das línguas mais faladas do mundo e, por isso mesmo, se estiver a considerar candidatar-se a uma empresa internacional ou internacionalizada, deverá considerar a importância que poderá ter a criação de um currículo que demonstre a sua fluência neste idioma.

Na momento de criar o seu modelo de currículo deverá ter em atenção de que o idioma não é a única diferença importante a considerar.

Mais do que colocar as suas informações em inglês, é necessário que tenha em atenção que existem importantes pontos de diferenciação na estrutura do currículo, principalmente ao nível da apresentação pessoal e profissional e também quanto à extensão do currículo.

Diferenças na informação pessoal

Ao contrário do currículo em português, não é necessário fornecer muitas informações pessoais num currículo em inglês. Assim, deve limitar-se apenas ao necessário, como:

Não é necessário preencher campos como a data de nascimento, naturalidade, gênero e estado civil. 

Diferenças na apresentação pessoal (ou perfil pessoal)

Atualmente a apresentação pessoal do candidato já é um elemento muito importante nos currículos portugueses, mas nos ingleses este campo é uma parte essencial. Na versão inglesa é absolutamente fundamental que o currículo inicie com uma apresentação pessoal, onde o candidato resuma os seus conhecimentos, a sua formação, as suas competências e também as suas ambições profissionais.

O texto de apresentação deve ser colocado imediatamente depois das informações pessoais.

Com ou sem fotografia?

Este ponto é um bom exemplo de como os currículos em português são distintos dos currículos em inglês.

Na criação de um currículo em inglês não é necessário colocar uma fotografia. Os principais países de língua inglesa, EUA e o Reino Unido, consideram que conhecer a imagem do candidato não acrescenta qualquer informação pertinente sobre as suas competências laborais, pelo que desvalorizam este tipo de apresentação visual.

Para empresas internacionais, se a imagem não for um fator importante para o cargo, a fotografia não tem qualquer influência. Apenas em casos de trabalhos relacionados com representação, moda, ou alguns trabalhos em que se tenha contacto com o público, poderá ser relevante colocar fotografia.

No entanto, se optar por adicionar a fotografia, escolha uma atual, com boa qualidade, profissional e com fundo neutro.

Diferenças quanto à extensão do currículo

Este ponto é um pouco discutível, porque pode variar dependendo do país para onde pretende enviar o currículo.

Em Portugal por norma os modelos de currículo não devem exceder as duas páginas.

Já as empresas internacionais, seguem muito o modelo americano e por isso, consideram que uma página é o ideal. No entanto, no Reino Unido os currículos com duas páginas também são valorizados.

Escrever em inglês britânico ou inglês americano?

No momento de criar o seu currículo poderá questionar-se sobre se deve usar o inglês britânico ou americano.

A verdade é que ambos são igualmente aceites.

Na hora de escolher deverá ter em consideração a nacionalidade da empresa para a qual está candidatar-se, mas mantenha apenas uma das formas, não misturando o inglês britânico com o inglês americano.

No caso de empresas europeias que não estejam sedeadas no Reino Unido, opte igualmente pelo inglês britânico.

Fonte: CVMaker

Imagem de destaque: Retirada da plataforma Freepik.

Partilhe este artigo...

Este site utiliza cookies para permitir uma melhor experiência por parte do utilizador.